Prefeitura de Salvador - Prefeitura de um novo tempo

Notícias

A reciclagem do lixo urbano

Apesar do significado abrangente do termo, a reciclagem vem sendo atualmente considerada, acima de tudo, um método
de recuperação energética.

Dentro deste conceito, pode-se classificar as diversas formas de reciclagem de acordo com a maior ou menor recuperação de energia de cada processo. Assim:

Máximo índice de recuperação – Aí se enquadra a seleção de materiais que poderão ser novamente utilizados, sem qualquer beneficiamento industrial, a não ser lavagem e eventual esterilização.

Exemplo: garrafas inteiras de refrigerantes ou de cerveja.

Médio índice de recuperação – Neste caso, há necessidade de se proceder algum beneficiamento industrial ao produto recuperado a fim de transformá-lo novamente em material reutilizável.

Exemplo: cacos de vidro, metais e embalagens de plástico.

Recuperação biológica – Trata-se de uma particularização do caso anterior, isto é, médio índice de recuperação, só que referente às frações orgânicas do lixo. É o caso da produção de adubo orgânico e da obtenção de combustível gasoso (metano).

Baixo índice de recuperação – Neste caso esta inserido o aproveitamento do poder calorífico dos materiais combustíveis presentes no lixo, mediante sua incineração. Por exemplo, quando se queima um saco plástico, a energia liberada é menor que a utilizada no seu processo de fabricação, desde a matéria-prima (petróleo) até o produto acabado (saco plástico).

No planejamento de um sistema de reciclagem, deve-se ter sempre como objetivo principal a obtenção do maior balanço energético possível.

Fonte: http://www.resol.com.br/cartilha/tratamento_reciclagem.php